Blog Archives

Webcast Virtual Pass Dezembro

Olá pessoal,

Agora que o Virtual Pass (Twitter|Blog) voltou a todo vapor vários webcasts foram marcados com a comunidade de SQL Server afim de sempre trazer um ótimo conteúdo a todos. Nesse intuito é que a pessoa quem vos fala irá em Dezembro realizar um Webcast sobre SQL Server + Excel + Sharepoint + PowerPivot. Pra mim é claro é sempre uma grande oportunidade poder compartilhar conhecimento e ainda mais com um grupo de tanta expressão que é o Virtual PASS. Tenho apenas a agradecer para a o meu amigo Laerte (Twitter|Blog) e Felipe (Twitter|Blog) pela oportunidade. Abaixo vou colocar todos os detalhes do Webcast.

Data: 20/12/2012

Horário: 21:00

Palestra: Criando meu dashboard com Excel + PowerPivot + Sharepoint End-to-End

Descrição: No mundo perfeito você possui não apenas uma baseline, mas também uma solução completa de relatórios que ajudam você a monitorar o seu ambiente. Voltando ao mundo real vamos abordar nessa seção como utilizar os scripts mais conhecidos mundo a fora e montar sua solução completa de dashboards. Vamos explorar a utilização do poderoso PowerPivot em conjunção com o Excel e também com o Sharepoint.

Link de inscrição: https://www323.livemeeting.com/lrs/8000181573/Registration.aspx?pageName=lmj0wl64p8h6nq1b

Por hoje é isso pessoal, espero todos vocês no dia da apresentação.

Abraços,
Marcos Freccia
[MCTS|MCITP|MCT SQL Server 2008]

Auditoria em todas as SKUs do SQL Server 2012

Olá pessoal,

Como o próprio titulo sugere a grande novidade de hoje é que agora todas as versões Premium do SQL Server 2012 suportam a Auditoria. Até no SQL Server 2008 isso não era possível, porem como o  SQL Trace será retirado de versões futuras a Microsoft se viu obrigada então a colocar a Auditoria disponível nas outras versões.

Vamos demonstrar apenas um teste então de como realmente é possível em uma versão Standard. Read the rest of this entry

Quer se tornar um Data Plataform em SQL Server 2012??

Pessoal,

Abaixo estou disponibilizando um PPT sobre a carreira em SQL Server 2012, o legal desse PPT é que ele abrange tudo até quem precisa apenas realizar o upgrade de MCITP SQL 2008 para MCSE em SQL 2012. Espero que façam bom proveito do conteudo.

Abraços,
Marcos Freccia
[MCTS|MCITP|MCT SQL Server 2008]

Semana de Webcasts do grupo MTAC

Olá Pessoal,

 

Venho através deste informar que na próxima semana (30/04) teremos uma semana de webcasts sobre SQL Server feito e organizado pelo grupo MTAC. O intuito é bem simples divulgar tecnologias Microsoft. O legal dessa semana de webcasts é a quantidade de palestras sobre SQL Server 2012, então quer aprender um pouco sobre a nova versão da plataforma de dados Microsoft SQL Server? Junte-se a nós. Read the rest of this entry

Movendo as bases de sistema

Ola pessoal,

Mover as bases de usuario todo mundo sabe correto? Sim, relativamente é uma tarefa bastante simples, mas e quando se trata das bases de sistema como é o caso da nossa querida base master? Nao sabe? Bom, vamos abaixo mostrar de uma maneira facil como modificar o diretorio dessa base de sistema.

 

Passo 1: Pare o serviço do SQL Server. Dentro do serviço vá até a aba Advanced. Apenas para verificar onde atualmente esta a base master.

image

Como voce pode ver abaixo o que voce deve fazer é mudar os parametros de inicializaçao dentro do Startup Parameters

image

Passo 2: Feito a mudança nos parametros –d e –l para apontar para o novo diretorio é mover os arquivos master.mdf e masterlog.ldf para o mesmo. E claro iniciar o serviço do banco de dados.

image

Como voces podem ver conseguimos subir o serviço do banco de dados normalmente.

 

Por hoje é isso, apenas uma simples dica para voces. Espero que tenham gostado.

 

Att,
Marcos Freccia
[MCTS|MCITP|MCT SQL Server 2008]

Retirando a conversão de valores do BCP

Um processo comum que possuímos em nossos ambientes é a importação de dados ou utilizando BulkInsert,BCP, Integration Services enfim e dentro dessa rotina de importação de dados é normal que possuímos registros contendo acentos. E uma coisa que pergunto a vocês é: Como realizar a importação e exportação desses dados sem alterar seu reais valores. Abaixo segue uma dica bastante simples de como realizar esses procedimentos sem retirar os acentos.

No primeiro exemplo vou realizar uma exportação de dados de uma tabela chamada tblBCPExport. A sintaxe abaixo você deve colocar no prompt de comando (CMD)

bcp “bcpExport.dbo.tblbcpExport” out “C:\temp\BCPDBExport.txt” -n -SFRECCIA –T -CRAW –c

image

Olhando o resultado.

image

Agora vem a questao. Qual o parâmetro especificado que nos permite que nenhuma conversão seja realizado nos valores que são exportados?

De acordo com a documentação http://msdn.microsoft.com/en-us/library/aa174646(v=sql.80).aspx temos o seguinte parâmetro “-C code_page”

image

Analisando a tabela acima o código que necessitamos acrescentar então é RAW. O mesmo diz na documentação que nenhuma conversão ocorrera. Verificando a sintaxe do bcp temos o parametro –CRAW especificado.

Mas e na importaçao o mesmo se aplica? Vamos testar.

Possuo uma tabela chamada tblBCPImport na qual vou pegar o resultado do arquivo txt e inserir nessa tabela com o seguinte comando.

bcp “bcpImport.dbo.tblbcpImport” in “C:\temp\BCPDBExport.txt” -n -SFRECCIA –T -CRAW –c

Temos o seguinte resultado

image

Vamos inserir agora sem utilizar o parametro –CRAW.

Comando BCP.

bcp “bcpImport.dbo.tblbcpImport” in “C:\temp\BCPDBExport.txt” -n -SFRECCIA –T  –c

image

Como podem ver a formataçao do resultado ficou totalmente errada.

Bom pessoal por hoje é isso, apenas uma dica de como utilizar o comando BCP.

Abraços,
Marcos Freccia
[MCTS|MCITP|MCT SQL Server 2008]

Ohh My Goodness -> System table pre-check failure

Olá Pessoal,

Esse é um erro que ninguém gostaria de ver em uma base de dados sem backup correto? Esse erro aconteceu comigo em uma base de testes do System Center 2012 que após alguns reboots do servidor inesperadamente o seguinte erro acontece.

Msg 7987, Level 16, State 1, Line 1
System table pre-checks: Object ID 3 has chain linkage mismatch. (1:13449)->next = (1:1917), but (1:1917)->prev = (1:1912). Check statement terminated due to unrepairable error.
DBCC results for ‘XXXXXXXXXXX’.
CHECKDB found 0 allocation errors and 0 consistency errors in database ‘XXXXXXXXX’.

 

Vendo isso em base de testes ja doi, imagina em produção. Mas o que significa tudo isso?

Simples!!

Quando um dbcc checkdb é efetuado em uma base de dados a primeira coisa a ser verificada são as paginas primitivas das system tables, ou seja, das tabelas criticas. E caso algum erro aconteça aqui o DBCC CHECKDB não consegue recuperar e o processo é abordado. Mas porque ocorreu esse erro?

Como você pode ver a seguinte parte do erro: (1:13449)->next = (1:1917), but (1:1917)->prev = (1:1912) a cadeia de paginas esta errada, a pagina 13449 tem como sua pagina seguinte a 1917, porem a pagina 1917 diz que sua pagina antecessora é a 1912 e não 13449, ou seja, perderam a cadeia de relacionamentos entre elas.

O que você faz aqui??

Ou você senta e chora ou tenha o backup em mãos, pois nenhum tipo de repair pode restaurar esse erro.

Como eu resolvi??

Por sorte divina tinha um backup feito pelo milagroso DPM que me ajudou a restaurar.

 

Bom pessoal, espero que seja útil para alguém esse post.

 

Abraços,
Marcos Freccia
[MCTS|MCITP|MCT SQL Server 2008]

Criando um simples relatório utilizando PowerPivot – Parte II

Olá pessoal,

 

No ultimo post mostrei como criar um simples relatório utilizando PowerPivot. Hoje vou mostrar como podemos no mesmo arquivo criar outras consultas e como utiliza-las no nosso relatório Excel.

Passo 1: Como criar mais consultas na mesma planilha PowerPivot?

Você deve então clicar em Conexões Existentes que fica na aba Design

image

 

Passo 2: Abrir a conexão existente e selecionar a conexão que você criou

image

 

Passo 3: Clique na opção Abrir para poder criar uma nova consulta

image

Feito isso é prosseguir com a criação da consulta conforme realizamos no primeiro post.

Agora como utilizar nossas consultas em uma planilha Excel?

Passo 1: Selecionar o tipo de gráfico para ser gerado

image

 

Vou selecionar o tipo Tabela Dinâmica apenas para testes.

Passo 2: Selecionar em qual planilha devera ser criado o relatório.

image

Selecione Planilha Existente para continuar com o mesmo arquivo e não gerar um novo.

Passo 3: Criação do relatório personalizado

image

Ao lado direito da planilha aparecera essa coluna para você adicionar os campos desejados na sua planilha. Agora é a hora então de liberar a imaginação na criação de seus relatórios.

 

Por hoje é isso pessoal, espero que tenham gostado desse simples tutorial de como criar uma planilha no PowerPivot.

 

Abraços,
Marcos Freccia
[MCTS|MCITP|MCT SQL Server 2008]

Criando um simples relatório utilizando PowerPivot – Parte I

Olá pessoal,

 

Resolvi criar esse post pois sou muito leigo em PowerPivot e ate descobrir como criar as consultas nele foi um trabalho. Então como sou uma boa pessoa resolvi compartilhar para que, caso alguém esteja no mesmo estagio que eu possa também criar seus relatórios.

Passo 1: O primeiro passo você deve realizar o download do plug-in para o PowerPivot for Excel que é gratuito e esta disponível tanto na plataforma 32 como 64bit.

Passo 2: Feito a instalação do Plug-in você terá a seguinte visualização.

image

Passo 3: Na figura acima você deve clicar em Janela do PowerPivot. feito isso uma nova janela ser aberta conforme a imagem abaixo.

image

Passo 4: Se a fonte de conexão for SQL Server você deve seguir a imagem abaixo.

image 

Passo 4: Criar a fonte de conexão de dados informando o servidor a se conectar, usuário e senha e qual base de dados deseja selecionar.

image

Passo 5: Você pode selecionar as tabelas que deseja consultar, ou criar o famoso T-SQL

image

Passo 6: Desenhar a consulta T-SQL

image

Agora é só clicar em Concluir para iniciar a importação dos resultados e aguarde ate que essa imagem apareça.

image

Finalizado a importação teremos uma visualização semelhante a essa abaixo.

image

 

No próximo post vou mostrar como criar mais consultas em uma mesma planilha e também como criar as visualizações dinâmicas.

 

Espero que tenham gostado, é uma dica bastante simples mas que pode ajudar pessoas um pouco leigas nesse assunto como eu.

 

Abraços,
Marcos Freccia
@SqlFreccia
MCITPSC – PASS CHAPTER
[MCTS|MCITP|MCT SQL Server 2008]

SQL Server 2012 Custom Server Roles Parte 2

Ola pessoal,

No primeiro post vimos como criar uma custom server role e nesse próximo post vamos então testar essa nova funcionalidade. Sem mais delongas vamos mostrar o que pode ser feito.

 

Passo 1: Dentro da nossa Custom Server Role vamos criar algumas regras.

Abaixo todas as regras são do tipo “Deny”

regra1

regra2

regra3

Ou via T-SQL

USE master
GO
DENY CREATE ANY DATABASE TO [CustonServerRole]
GO
DENY SHUTDOWN TO [CustonServerRole]
GO
DENY VIEW ANY DATABASE TO [CustomServerRole]
GO
DENY VIEW ANY DEFINITION TO [CustomServerRole]

Vamos aos testes.

Teste 1: Shutdown

Shutdown

 

Teste 2: Criação de base de dados

CriacaoDatabase

 

Teste 3: Visualizar as bases de dados

VisualizarDatabase

Como podem ver quando estamos com o usuário ServerRoleUser não podemos visualizar nenhuma base e quando estamos com o usuário Administrator a visualização é possivel.

 

Entao pessoal, apenas um rápido post para mostrar o que é possível fazer com as novas Custom Server Roles.

 

Boa diversão!!

 

Abraços,
Marcos Freccia
[MCTS|MCITP|MCT SQL Server 2008]