Blog Archives

Recycle ErrorLog baseado no tamanho do arquivo

Olá pessoal,

Estou aqui para divulgar um script que criei, onde baseado no tamanho do arquivo do ErrorLog realizamos ou não a limpeza do mesmo. O mesmo foi criado em PowerShell e é bastante simples, pois meu conhecimento nele é relativamente baixo. No meu script o tamanho do arquivo foi  setado para 250MB, mas você pode edita-lo para acomodar a sua necessidade.

Não vou colar o script aqui na postagem, mas sim o link para o meu OneDrive onde o mesmo se encontra.

http://1drv.ms/1B02XA0

Para executar o script é bastante simples, bastando apenas criar um job no SQL Server Agent onde o step deverá executar código PowerShell. Você pode consultar essa documentação abaixo para a criação do Job.

https://msdn.microsoft.com/en-us/library/hh213688.aspx

 

Espero que gostem do script, e se alguem não estiver conseguindo realizar o download do arquivo, deixe um comentário que eu poderei ajustar.

 

Abraços,
Marcos Freccia
SQL Server MVP

Dica do Dia: Reciclando o ERRORLOG

Pessoal,

Hoje estou postando apenas uma dica. Como vocês sabem o ERRORLOG do SQL Server vai crescendo a medida que as informações são inseridas e sendo assim o arquivo de log somente é reiniciado quando a instancia do SQL Server é reiniciada, então como é a ordem natural das coisas o serviço do SQL Server dificilmente é reiniciado fazendo com que o ERRORLOG cresça e cresça cada vez mais impossibilitando muitas vezes a leitura do mesmo.

O SQL Server então possui uma stored procedure que faz essa reclicagem do ERRORLOG sem necessitar reiniciar a instancia. Segue o comando abaixo.

use master
go
xp_readerrorlog
go

agora vamos executar o comando para reclicar o log.

use master
go
exec sp_cycle_errorlog
go
exec xp_readerrorlog

Conforme a imagem abaixo o ERRORLOG foi recriado.

Como podemos ver na imagem abaixo tinhamos o arquivo ERRORLOG de 14KB  que apos executarmos a stored procedure, foi criado um novo arquivo ERRORLOG e o antigo foi renomeado para ERRORLOG.1.

Bom pessoal, por hoje é isso espero que tenham gostado dessa dica.

Marcos Freccia
@SQLFreccia
MCTS SQL Server 2008