Category Archives: SQL Server Denali

Exames betas SQL Server 2012 – Eu fiz

Ola pessoal,

Esse post é mais para expressar a alegria que tenho em ter passado em três das quatro provas betas que prestei no final de março – começo de abril. Para os interessados prestei as seguintes provas.

71-464 – Developing Microsoft® SQL Server® 2012 Databases
71-465 – Designing Database Solutions for Microsoft® SQL Server® 2012
71-462 – Administering Microsoft® SQL Server® 2012 Databases
71-461 – Querying Microsoft® SQL Server® 2012

Como podem ver abaixo de todas as quatro provas a unica que nao passei foi a 71-461 que foi a de Querying, onde eu realmente achei ela dificil.

Agora é correr atras dessa prova que faltou e mais a 70-463 – Implementing a Data Warehouse with Microsoft SQL Server 2012

Dicas para fazer a prova? Aqui segue um post meu dando dicas para a 71-642 – Administering Microsoft® SQL Server® 2012 Databases.

Sobre as demais provas prometo que virá algo bem legal ai pra vocês. Aguardem.

Bom, por hoje é isso queria mesmo só expressar a felicidade de ter conseguido essas provas e deixar registrado no blog mais essa conquista.

Abraços,
Marcos Freccia
[MCTS|MCITP|MCT SQL Server 2008]

Quer se tornar um Data Plataform em SQL Server 2012??

Pessoal,

Abaixo estou disponibilizando um PPT sobre a carreira em SQL Server 2012, o legal desse PPT é que ele abrange tudo até quem precisa apenas realizar o upgrade de MCITP SQL 2008 para MCSE em SQL 2012. Espero que façam bom proveito do conteudo.

Abraços,
Marcos Freccia
[MCTS|MCITP|MCT SQL Server 2008]

Full Text Search e Semantic Search no SQL Server 2012 – Parte 3

Ola pessoal,

Nesse terceiro post vou demonstrar as novas funções do Semantic Search para que voce então possa retirar o maior proveito dessa funcionalidade. Para quem não sabe o que é Semantic Search vou colocar aqui algumas palavras descritas pelo Books Online.

“Statistical Semantic Search provides deep insight into unstructured documents stored in SQL Server databases by extracting and indexing statistically relevant key phrases. Then it also uses these key phrases to identify and index documents that are similar or related.

You query these semantic indexes by using three Transact-SQL rowset functions to retrieve the results as structured data.”

Fonte: http://msdn.microsoft.com/en-us/library/gg492075.aspx

Dento do Semantic Search quais são os tipos de consulta disponiveis para o usuario?

Read the rest of this entry

Novidade no Database Tuning Advisor do SQL Server 2012

Pessoal,

Estou ministrando um curso de SQL Server 2008 e entre um laboratorio e outro estava demonstrando algumas coisas do SQL Server 2012 para o pessoal e eis que me deparo com algo muito legal do Database Tuning Advisor que é a possibilidade dele agora gerar as recomendações a partir do Plan Cache. Olhem a figura abaixo. Read the rest of this entry

Dicas para a prova 71-642

Ola pessoal,

Como alguns de vocês devem ter visto a Microsoft liberou vouchers para as provas betas de SQL Server 2012 e como eu nao poderia ficar de fora dessa fiz o registro para as 4 provas (DEV e DBA). Hoje 29/03/2012 fiz a primeira prova que foi a 71-642 Administering Microsoft® SQL Server® 2012 Databases – BETA .

Antes de colocar as dicas de estudo para a prova, irei colocar meus pensamentos sobre a mesma.

Logo de cara nas primeiras perguntas pensei: Prova fácil demais.. Pobre coitado.. 🙂 O clima na sala foi ficando muito pesado ao longo da prova. Como voces podem ver ao longo do post.

Ah uma coisa que preciso dizer: DUMPERS seus dias estão acabando.

De longe essa prova está muito mais difícil do que a MCTS Admin de SQL Server 2008. Livros irão te ajudar? Sim, um pouco, porem agora experiencia esta sendo muito mais requisitado e isso porque agora mudou bruscamente o estilo de perguntas e então DBA se prepare para aprender código, é isso mesmo que você ouviu e também muitas perguntas sao constituídas de montar o fluxo de como tal funcionalidade é configurada, por isso não adianta só conhecer, você tem que saber como aplicar. Muitas perguntas sao constituídas de sintaxes e você deve verificar qual a correta (Cuidado com as pegadinhas). O segundo ponto mais importante é que esta sendo cobrada muita coisa de segurança e não só no que se diz respeito a Roles e permissões, pense em todos os âmbitos onde segurança pode ser  aplicada.

Bom o que eu mais percebi na prova como um todo foi isso. Vamos então ao que você deve focar os estudos.

  • XEvents: Aprenda como criar, o que ela pode fazer por você.
  • Auditoria: Como criar auditorias personalizadas em nível de servidor, base de dados
  • AlwaysON: Estude bastante, cai muitas questões.
  • DB e Server Roles: Entenda todas as roles de Servidor e Roles de base de dados, o que fazem e o que nao fazem.
  • Permissionamento
  • Custom Server Role: Como criar, suas facilidades.
  • TDE: Como criar (Scritps), backup/restore
  • Replicação: Passos para criação, melhores cenários.
  • Database Email: Segurança, onde aplicar.
  • Database Mirroring: Passos para criação, quais tipos de cenário podem ser aplicadas, migração.
  • I/O Affinity & Processor Affinity: O que são, seu comportamento, como configurar.
  • Criptografia & SSL: Como funciona, como configurar.
  • FileTable: passo a passo de como configurar.
  • Filestream: passo a passo de como configurar.
  • Contained Databases: Como configurar, tornando uma base contained
  • Migração: Passo a passo, side-by-side, In-Place, estrategias.
  • Cluster: migração de cluster, criação de cluster, troubleshooting.

Bom pessoal acho que pelo o que consigo me recordar esses foram os pontos fortes da prova. Amanha já tenho outra prova agendada a   71-465 MCITP DBA então já sabem que teremos mais um post sobre o assunto.

Abraços,
Marcos Freccia

[MCTS| MCITP| MCT SQL Server 2008]

SQL Server 2012 Custom Server Roles Parte 2

Ola pessoal,

No primeiro post vimos como criar uma custom server role e nesse próximo post vamos então testar essa nova funcionalidade. Sem mais delongas vamos mostrar o que pode ser feito.

 

Passo 1: Dentro da nossa Custom Server Role vamos criar algumas regras.

Abaixo todas as regras são do tipo “Deny”

regra1

regra2

regra3

Ou via T-SQL

USE master
GO
DENY CREATE ANY DATABASE TO [CustonServerRole]
GO
DENY SHUTDOWN TO [CustonServerRole]
GO
DENY VIEW ANY DATABASE TO [CustomServerRole]
GO
DENY VIEW ANY DEFINITION TO [CustomServerRole]

Vamos aos testes.

Teste 1: Shutdown

Shutdown

 

Teste 2: Criação de base de dados

CriacaoDatabase

 

Teste 3: Visualizar as bases de dados

VisualizarDatabase

Como podem ver quando estamos com o usuário ServerRoleUser não podemos visualizar nenhuma base e quando estamos com o usuário Administrator a visualização é possivel.

 

Entao pessoal, apenas um rápido post para mostrar o que é possível fazer com as novas Custom Server Roles.

 

Boa diversão!!

 

Abraços,
Marcos Freccia
[MCTS|MCITP|MCT SQL Server 2008]

SQL Server 2012 Migrando usuários existentes para Contained Database

Olá pessoal,

Uma ação muito comum será utilizar os logins que já temos para acessar as nossas bases de dados que estão no modo Contained Database. Então para tal necessitamos migrar os usuários para a Contained Database. Os passos para realizar a operação estão descritos a seguir.

Passo 1: Criação do usuário na Contained Database.

Já possuo um login chamado SqlServer2012, e precisamos criar esse usuário na Contained Database.

USE ContainedDatabase
GO
CREATE USER [SqlServer2012] ;
GO

Passo 2: Realizar a migração do login existente para a Contained Database.

exec sp_migrate_user_to_contained @username = N’SqlServer2012′, @rename = N’keep_name’, @disablelogin = N’do_not_disable_login’ ;


Feito isso você pode utilizar o login SqlServer2012 para logar na sua ContainedDatabase.

 

Abraços e até mais.

Marcos Freccia

[MCTS|MCITP|MCT SQL Server 2008]

SQL Server 2012 – Custom Server Roles Parte 1

Olá Pessoal,

No SQL Server 2012 tivemos uma excelente melhoria com relação a server roles. No SQL Server 2008 se você deseja atribuir permissões customizadas a nível de servidor você necessita realizar diretamente no login criado, mas o interessante é que agora no SQL Server 2012, podemos criar nossos logins normalmente e assim então criar uma custom server role que nos permite então as permissões  personalizadas. Sem mais delongas vamos ao que interessa e aprender como configurar esse novo recurso.

Read the rest of this entry

SQL Server 2012 Consultando os dados do FileTable

Olá pessoal, no ultimo post conhecemos essa nova feature chamada FileTable e hoje vamos aprender  algumas funções que nos permitira consultar os dados dessa tabela.

Consultando o caminho completo dos arquivos do FileTable

select file_stream.GetFileNamespacePath(1,1) from FileTableTest

UnidadeCompleta

Retornando o ID de um arquivo ou ID do diretório especifico dentro do diretorio do FileTable.

select distinct GETPATHLOCATOR(‘\\WIN-1Q77GGJ2BU9\MSSQLSERVER\FileTableDir\FileTableDir\Past’) from FileTableTest

PathLocatorID

Retornando apenas o diretorio padrao da unidade compartilhada do File Table.

select FileTableRootPath()

Consultando apenas os arquivos e diretórios dentro da unidade padrao do FileTable.

select file_stream.GetFileNamespacePath() from FileTableTest

Bom para consultar os dados em uma tabela do tipo FileTable as funções acima seriam as presentes no SQL Server 2012. Agora temos também as system views que merecem um próximo post para falar especificamente delas.

Por hoje é isso, espero que tenham gostado do post.

Abraços,
Marcos Freccia
[MCTS|MCITP|MCT SQL Server 2008]

SQL Server 2012 File Table

Olá Pessoal,

Hoje vamos falar sobre uma nova feature presente no SQL Server 2012 chamada File Table. Vamos pegar a definição do BOL.

“The FileTable feature brings support for the Windows file namespace and compatibility with Windows applications to the file data stored in SQL Server. FileTable lets an application integrate its storage and data management components, and provides integrated SQL Server services – including full-text search and semantic search – over unstructured data and metadata.

In other words, you can store files and documents in special tables in SQL Server called FileTables, but access them from Windows applications as if they were stored in the file system, without making any changes to your client applications.”

Deixando de uma forma mais clara, o File Table nada mais é do que uma técnica nova para armazenamento de arquivos não estruturados diretamente no file system, quem trabalha com Sharepoint já conhece algo parecido com isso, a vantagem dessa nova funcionalidade é que podemos indexar documentos para acesso no file system assim como no SharePoint além é claro de uma serie de outros métodos que podem ser trabalhados.

Vamos conhecer como habilitar e trabalhar com File Table?

Read the rest of this entry